Rede SCienTI – Rede de Fontes de Informação e Conhecimento em Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação

Projeto
DescriçãoRede fundada no passado dia 6 de Dezembro de 2002 em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

A Rede de Fontes de Informação e Conhecimento em Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação (SCienTI) é resultado do esforço de colaboração entre ONCTs (Organizações Governamentais), Grupos Universitários Associados e OICTs (Organizações Internacionais ligadas à C&T) visando a pesquisa, o desenvolvimento, a implantação e a operação de sistemas de informações em Ciência e Tecnologia (C&T). Além de dar suporte às actividades e à integração de acções dos ONCTs e OICTs, a SCienTI deve viabilizar programas de intercâmbio entre pesquisadores e instituições dos países participantes.
A Rede SCienTI tem como objectivo principal criar um espaço internacional de C, T&I, baseado numa plataforma de sistemas de informações, cujo objectivo é promover a cooperação técnica entre ONCTs e OICTs, visando ao intercâmbio entre pesquisadores, gestores e outros actores ligados a C, T&I.

Países Participantes

Bandeiras do Países Participantes

Workshop de Constituição da Rede SCienTI

Realizou-se em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, de 4 a 6 de Dezembro de 2002, o I Workshop da Rede SCienTI (Rede Internacional de Intercâmbio de Fontes de Informação e Conhecimento em Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação), no qual foi aprovada a Declaração de Florianópolis (“Declaracao.zip“).Discurso proferido pelo Prof. Carlos Bernardo, em representação do Prof. Ramôa Ribeiro – Presidente da FCT (Fundação para a Ciência e Tecnologia), na cerimónia de assinatura do Protocolo de adesão de Portugal à Rede SCienTI, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, em 4 de Dezembro de 2002.
• Download (“FCT-SCienTI.pdf“) ou (“FCT-SCienTI.zip“).

Cerimónia de Assinatura de Protocolos
Representação Portuguesa
Cerimónia de Assinatura de Protocolos
Prof. Carlos Bernardo (segundo a partir da direita) na cerimónia de assinatura de protocolos entre os países fundadores da Rede ScienTI e o CNPq do Brasil.
Representação Portuguesa
(da esquerda para a direita), Eng. Leonel Duarte dos Santos, Doutor Luís Amaral (Dep. Sistemas de Informação da Universidade do Minho) e Prof. Carlos Bernardo (em representação do Presidente da FCT de Portugal).

Publicações

Amaral, L., Santos, L. & Bernardo, C. (2002). Uma visão do Sistema Científico e Tecnológico Português. Actas da I Taller de la Red SCienTI – Red Internacional de Fuentes de Información Y Conocimiento en Gestión de Ciencia”, Tecnología e Innovación, Florionópolis, Santa Catarina, Brasil.
• Texto completo em “http://hdl.handle.net/1822/309” – 30 KB.

Entidades Fundadoras

  • CNPq
    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Brasil)
  • OPAS
    Organização Pan-Americana de Saúde
  • BIREME
    Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde

Participação Portuguesa

Núcleo ONCT Português

O Núcleo das Organizações Nacionais de Ciência e Tecnologia é formado pelas entidades governamentais ligadas ao planeamento, acompanhamento, à avaliação e gestão de C&T dos países participantes da Rede SCienTI.

   FCT 
   MCES

Núcleo de Grupos Universitários AssociadosO Núcleo de Grupos Universitários Associados que representa Portugal na Rede SCienTI é o Gávea – Laboratório de Estudo e Desenvolvimento da Sociedade da Informação, do Departamento de Sistemas de Informação da Universidade do Minho. Sendo responsável pela pesquisa, pelo desenvolvimento e apoio da operação dos sistemas de informações em C&T.

Coordenação

Equipa de desenvolvimento

GÁVEA@2015. Todos os direitos reservados.